Formigas invadem o Kindle e eu comprei livros; assistir vídeo

A jornalista Mariana Lopes Vieira acabou vivendo uma experiência que às vezes parece ficcional. depois de deixar seu acender acamada por algumas semanas, ela teve uma surpresa quando voltou aos ebooks e percebeu que não havia aparelho estava infestado de formigas — e os insetos poderão comprar algumas obras digitais.

A história de Mariana ganhou a internet depois que um tuíte da amiga, a escritora Fabiane Guimarães, revelou o caso. Com mais de 66 mil curtidas, a publicação levou o nome do leitor digital da Amazon para os assuntos mais comentados do Twitter na segunda (27), gerando pânico em muitos usuários.

Apesar de bastante inusitada, a história foi confirmada por Mariana em entrevista ao TecMundo. O jornalista também dá mais detalhes sobre o caso em seu boletim informativo. E detalhe: ela não foi a única vítima de um Infestação de insetos dentro do Kindle.

Invasão de formigas no Kindle

Segundo relato de Mariana, as formigas entraram no buraco do carregador e construíram uma criança dentro do aparelho, que ficou praticamente inoperante devido aos hóspedes indesejados. “Fiquei desesperada! Tenho vários livros digitais, muitos deles estão sem títulos na edição física, aqui estava”, explica ela a um jornalista.

Se não é assustador ou suficiente, ela tem uma surpresa ainda maior quando recebe notificações em seu e-mail dizendo que dois livros foram comprados em sua conta. As “aquisições” eram feitas pelos pássaros, que mandavam comandos para o aparelho dentro do aparelho.

Mariana Vieira

Assim como muitos usuários do Kindle, o jornalista utiliza a opção de compra com um clique na loja do leitor digital, ou seja, teria facilitado a aquisição feita pelos encartes. Depois, gastei cerca de R$ 80 comprando os livros “Robôs e o Império” e “O anel de Giges: Uma fantasia ética”, Mariana desativou, via computador, uma opção de compra rápida para evitar mais gastos.

Enquanto as formigas impediam o funcionamento correto do Kindle de Mariana e ao mesmo tempo compravam livros, outro caso semelhante ganhou notoriedade no TikTok, mas com consequências mais marcadas. Uma postagem no perfil de Renata Alves Frederi mostra outro Kindle infestado de insetos.

@renataalvesfrederico

Plugue anti poeira e anti formigas

? som original – Renata Alves Frederi

Como em nenhum outro caso, as formigas entrarão no aparelho através da conexão de carregamento. O modelo continua ativo, mas apresento um problema principal: os encartes estavam virando as páginas de dois livros. Depois de remover as formigas, o aparelho ainda funcionará normalmente.

Como as formigas compraram um livro não-Kindle?

Embora a ideia de encartes adquirir livros possa parecer fantasiosa, a tecnologia usada no Kindle permite algo igualmente incomum. É o que explica Rafael Rech di Muzio, formado em Engenharia Mecatrônica.

“O Kindle usa um toque capacitivo, que detecta mudanças na capacitância no visualizador para saber onde o toque foi feito.” Segundo o Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento Eletrônico, os movimentos detectados como gatilhos podem ser causados ​​por organismos vivos, humanos ou não. “As formigas, em grande quantidade, podem alterar a capacidade das pistas e os equipamentos entenderem que há um toque ou algum gesto no pano.”

Mariana VieiraMariana solicitou o reembolso de dois livros comprados no Kindle

Parece que, em ambos os casos, um grande número de formigas acabou gerando movimentos que foram detectados pelo Kindle como toques. Isso rendeu ações estranhas no aparelho, como las páginas pasando sozinhas e a compra dos livros.

Apesar do baixo desempenho, Rafael explica que a chance de danos permanentes causados ​​por formigas não é grande em um Kindle, mesmo com as imagens assustadoras. Além disso, se você viu insetos perto de seus aparelhos eletrônicos, é uma bomba do seu nariz, pois, ao entrar em um aparelho, insetos maiores podem acabar causando danos mais graves.

Como limpar seu Kindle e evitar formigas em eletrônicos

As vítimas de formigas que vão viralizar com seus Kindles infestados vão usar duas formas diferentes para se livrar de dois insetos, e ambas não são indicadas por especialistas. Enquanto Mariana Lopes Vieira colocava o produto na geladeira dentro de um saco plástico para congelar as formigas, ou que com certeza não danificava o eletrodoméstico, o vídeo que viralizou no TikTok mostra ou posta ele sendo erradicado com um inseticida.

Enquanto o congelamento é capaz de causar problemas devido ao frio e aos líquidos envolvidos, os produtos químicos podem causar danos internos e externos ao aparelho, explica Rafael Rech di Muzio. A melhor maneira de manter o produto seguro e exterminá-lo seria abrir o aparelho e usar uma escova seca ou compressor de ar para remover os insetos de dentro do Kindle.

TikTok

O TecMundo entrou em contato com a Amazon, que pretende lançar uma assistência técnica no país. A empresa ressalvou que os usuários podem solicitar o reembolso dos livros comprados por engano em sete dias.

“Os clientes também não devem usar seus aparelhos perto de pés ou lugares mofados (caso seu modelo não seja à prova d’água) e não devem deixá-los expostos ao calor ou frio extremos”, explica a empresa.mas uma dica para quem tem medo de plantar e manter a calma e evitar deixar eletrônicos próximos a locais que tenham insetos.

Embora muitos desses insetos sejam conhecidos por scavarem ou chao, espécies como Nylanderia fulva, bastante comuns no Brasil, costumam se esconder em locais com cavidades e que possam gerar calor. Com isso, os eletrônicos, principalmente os “abandonados”, acabam se tornando casas interessantes para a educação dos filhos.

Mariana Vieira também recomenda: “Não deixe o Kindle parado. Leia livros. Preferência de literatura.”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *