Como o Batman de Matt Reeves e o novo DCU podem coexistir no cinema

Na última quinta feira (12), Matt Reeves Ele revelou que deve se encontrar muito em breve com James Gunn e peter safranpresidentes de DC Studios, para decidir os próximos passos da franquia homem Morcego no seu comando. E, por mais tentador que seja imaginar um universo em que Bruce Wayne Robert Pattinson integrar ou novo DCU (novo nome oficial da expansão cinematográfica de CC), Vale a pena mencionar que Gunn descartou, portanto, essa possibilidade. Com isso, é altamente provável que chegaremos a duas versões do Cavaleiro das Trevas no futuro da franquia e, agora, há a possibilidade de confundir algumas caras novas, para Warner Já tive experiência suficiente em lidar com vários Batmen em suas várias produções.

Isso porque, há menos de dois anos, 2000, a marca Batman estava em plena expansão. Além de Bruce Wayne ser um personagem regular em Liga da Justiça Sem Limitesainda tem uma segunda série apenas sem relação com a DCAU (DC Animated Universe, em tradução livre), ou batmane uma trilogia cinematográfica em desenvolvimento por Christopher Nolan. Provando que o público teria dificuldades em separar todas essas versões, a Warner resolveu limitar o quanto o universo que envolvia o crossover encapuzado poderia aparecer na animação de Paulo Dini e Bruce Timm. E, por mais que o cenário atual possa ser bem diferente, já que o público está mais acostumado com o conceito de multiversos, Gunn e Safran podem usar um modelo parecido com o da franquia animada para separar os dois novos filmes do Batman do principal filme da DC. Series.

Desde 2018, com Aquaman, a DC nunca investiu em produções tão lúdicas quanto as que fizeram sucesso entre 2005 e 2017. Assim como Gunn e Safran, você assumiu as fases mais loucas dos quadrinhos, é provável que essa tendência continue mais forte do que nunca no novo DCU e Que o Batman e os que o cercam estão incluídos em flatnesses, uma vez que o mundo do Caped Crusader tem seu enredo de personagens surreais. A família dos morcegos (incluindo o Bat-Mirim), Human Death, Ventriloquo e Scarface e outras cidades mais extravagantes de Gotham podem chegar aos cinemas e TV fielmente aos shows sem destruir o resto da franquia, que deve perder de vez em quando Vergonha em seu material de base.

Assim como os eventos do DCAU, a franquia Batman da nova pode atuar de forma coadjuvante, como os personagens que ou quase fazem participações esporádicas em produções centradas em outros heróis. Dessa forma, o Cavaleiro das Trevas, seus aliados e inimigos ainda estariam presentes no DCU, mas não de forma que concorra com sua franquia apenas comandada por Reeves.

Ao mesmo tempo, Reeves continuaria com uma caixa lotada de saltos para se divertir em seu cantinho não ir. Já tendo se “apossado” de vis mafiosos e corruptos como o Pinguim (Colin Farrel) e a dupla de psicopatas formada por Coringa (barry keoghan) e Charada (Paulo Dano), o cineasta pode expandir o submundo do crime de Gotham como Black Mask, Simon Stagg, Deacon Blackfire e vinculado ao Tribunal de Corujas. O mesmo que fazer uso de um ou outro Robin, como você está pedindo da estrela de homem Morcegoessa galeria de pé-no-chão vil seria ideal para o diretor acompanhar o desenvolvimento do Detetive Maior do Mundo e manter o suspense que tanto fez sucesso em 2022.

Outro benefício gigantesco associado a essa divisão de Batmen é a quebra da ilusão de que a DC é necessariamente sombria e realista. Essa impressão, erroneamente propagada da estrela de Batman começa Em 2005, poderia ser animado pelo lançamento paralelo de aventuras lúdicas e histórias tensas, que melhor refletiriam a pluralidade do editor e tornariam o multiverso do DCU extremamente convidativo para cineastas, produtores e atores dispostos a criar algo novo com esses personagens.

Disposto a pular nas infinitas Terras do multiverso DC, a DC Studios prepara o terreno para um DCU atraente e diverso e é mais do que óbvio que Batman faz parte desse plano. Agora, se realmente seremos agraciados com mais de uma versão do Homem Morcego, mal o tempo (e Gunn e Safran) poderá dizer.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *