Com mais redublagem, o 6º filme lançado no Globoplay – JBox

Está disponível no catálogo de balonismo ou filme Pokémon 6: Jirachi – Realizador de Desejosa sexta aventura para os cinemas de Ash e Pikachu é a primeira da geração Avançado. A produção tem apenas com áudio em portuguêsversão ainda inédita, produzida pela Dubladora, de Campinas.

Nessa dublagem, tudo ou elenco de vozes foi alterado, não subtraindo ou da escala anterior. Assim sendo, Ash ganha agora uma 4ª voz, sendo interpretada por Danilo Diniz (ou Ishizaki não Capitão Tsubasa de 2018). A obra tem tradução de Fernando Oliveira e direção de André Gaiani e Cadu Ramos.

Outras vozes do elenco principal são:

  • Max: João Vieira (Kirito em Arte da Espada Online)
  • Maio: Amanda Tavares (Chika em Kaguya-sama)
  • Brock: Lucas Marcondes (Ranger Vermelho em Power Rangers: Dino Fúria)
  • Mordomo: Bruno Sangregório (Levi de Ataque ao titã)
  • Jirachi: Gabriela Pellegrino (Miranjo em Classificação dos Reis)
  • Diane: Viviane Munuera (Trapaceira em Akudama Drive)
  • Jessie: Amanda Moreira (narradora em Rokka)
  • James: Bruno Casemiro (Kirishima em academia meu heroi)
imagem: tecido de Pokémon 6 não Globoplay
Tecido de filme Globoplay. | Imagem: Reprodução

▶ Acesse aqui a página do filme no Globoplay.

Jirachi — O Realizador de Desejos Estreou no Japão em 2003 e mostra Ash e seus amigos que estão participando do festival Cometa do Milênio. Lá, Max se torna amigo de Jirachi, um pokémon que acorda com seu som assim que o pequeno corpo passa.

Ou Globoplay também promessa para janeiro a exibição do 7º filme da franquia, Pokémon 7: Alma Gêmea.

Licenciamento bagunça: pokémon 6 Já fui dublado 4 vezes!

Após 3 filmes e um especial lançado internacionalmente pela Warner, a filmografia da série Pokémon Passei um tempo pelas mãos do distribuidor americano miramaxou que hoje traça “consequências” para os filmes 4 a 7. É só notar, por exemplo, que o catálogo digital Aluguel dois filmes da franquia enfrenta um “salto” da 3ª para a 8ª no Google Play ou o mesmo na matéria do Tele Cine dentro do próprio Globoplay.

O catálogo da Miramax passou por diversas empresas ao longo do tempo, ou o que se tornou novas dublagens para um mesmo filme no Brasil. Por aqui, pokémon 6 Foi lançado diretamente em DVD em 2006, distribuído pela Europa Filmes. Mas antes do lançamento, houve uma dublagem que permanece inédita (pelo menos na íntegra).

Uma vez, ou muito tempo, ele foi trazido para o VTI do Rio de Janeiro, o que mudou as vozes de todos os personagens principais, com Ash sendo vivido por Gustavo Nader. A informação “vazou” durante um evento e teria atingido os ouvintes de Fábio Lucindo (até então, a única voz do Ash no Brasil). Com a fofoca rodando nas redes sociais da época (ou “saudoso” Orkut), os fãs se mobilizaram contra a Europa Filmes, que acabou mandando o filme para o estúdio Sigma, em São Paulo, por uma redução de apenas dois personagens principais (o exclusivas de cinema ficaram com as mesmas vozes cariocas). Ash com a voz de Gustavo virou uma “mídia perdida”.

imagem: capa do dvd do 6º filme de Pokémon
Camada de DVD brasileira. | Imagem: Divulgação

Mais recentemente, ao ser exibido na TV por assunto, por meio de outra distribuidora, pokémon 6 Eu estava totalmente redobrado. Naquela época, o trabalho era na Centauro, onde muitos do elenco original retornaram aos seus personagens, portanto, Ash foi dublado por Matheus Perisseque é a voz do garoto do início da geração mais recente da série, dias de pokémon.

Provavelmente estou indo por outro caminho para o Globoplay, ou já passou há muito tempo para uma 4ª dublagem, que tem uma mudança total de elenco (agora parece que teve uma preocupação de escolher vozes próximas às originais). Mais um capítulo para a confusa história da dublagem de Pokémon.


Fonte: balonismo

.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *