Amazon (AMZO34) aposta em livros, alimentação e moda não ‘sequentes’ na Black Friday

A gigante americana Amazon (AMZO34) aposte em livros, comidas e bebidas, moda e beleza na sua “esquenta” da Black Friday no Brasil. A campanha do varejista terá início na segunda feira (31), um dia após o segundo turno das eleições, e contará com comerciais em TV aberta, internet, mídia impressa, redes sociais e comércio ao vivo.

“Como início desta Black Friday, vamos antecipar algumas ofertas para nossos clientes”, diz Camila Nunes, líder de marketing da Amazon Brasil. “A promoção terá várias fases, nas quais vamos alterar os tipos de promoção. Essa primeira parte vai traçar algumas ofertas antecipadas para algumas categorias e alguns cupons de desconto, e depois vamos evoluindo para outras”.

Nesta primeira fase, os maiores descontos serão em produtos como livros e ebooks, alimentos e bebidas, moda, beleza e produtos automotivos, ficando atrás apenas da Amazon, “com foco no perfil do consumidor brasileiro”:

• Amarrei 50% de desconto em livros e ebooks;
• Empatei 30% em alimentos e bebidas, automóveis, beleza e moda;
• Até 25% em utensílios domésticos, bebidas alcoólicas, casa inteligente, artigos de higiene pessoal e doméstica e produtos para bebês;
• Até 20% em itens de pet shop, cozinha, jardim e piscina e ferramentas e construção;
• Empatei 15% em saltos, jogos, esportes e aventura.

Em segundo lugar para a Amazon, haverá promoção de produtos de marcas como Apple, Electrolux, Intelbras, Havaianas, Logitech, Lolla, Mãe Terra, Pampers, Playstation, Tanqueray, Tramontina e Xbox, entre outras.

Prime Day: um bom prenúncio?

A empresa não divulga números das projeções para a Black Friday deste ano (sem realização em 2021), mas destaca que os dados são muito importantes — assim como o quarto trimestre em geral, que inclui as vendas de Natal.

Nunes conta que as categorias mais vendidas na Black Friday de 2021 foram livros, cuidados pessoais, alimentos e bebidas, moda e dispositivos da Amazon (como Alexa e Kindle). Ele também diz que, apesar da empresa não divulgar projeções, o “Prime Day” traz notícias positivas.

“As vendas foram 2,1 vezes maiores que no ano passado. Em volume, foi muito mais relevante em relação ao ano passado”, afirma o líder de marketing da Amazon Brasil (ou Prime Day é uma data anual em que a empresa faz promoções para seus cessionários).

Black Friday e futebol

A Black Friday acontecerá este ano na sexta feira (25), um dia depois da estrela do Brasil na Copa do Mundo. Pensando nisso, a Amazon vai iniciar sua campanha de marketing, além de dois anúncios na TV e em outras mídias, eventos com a temática futebolística voltada para o jornalista esportivo não digital Tino Marcos, ou canal Desimpedidos e influenciadores.

“Entendemos o impacto do campeonato mundial de futebol [na Black Friday deste ano] E que o brasileiro é louco por futebol, então incorporamos isso ao nosso plano”, afirma a líder de marketing. “Incorporamos totalmente a influência que estes jogos podem ter, na forma como vamos comunicar com os nossos clientes”.

Nunes também destaca a importância do prazo de entrega, pois o consumidor vai querer receber os produtos antes do início da Copa, dia 20. Vamos entregar rápido”.

Entrega e devolução

O executivo destaca que a empresa aumentou o número de cidades onde a entrega ocorre em 2 dias para assinantes Amazon Prime. “Aumentamos de 700 para 1.000 o número de cidades com 2 dias de entrega e dobramos o número de cidades, de 50 para 100, com entrega em 1 dia não Prime.”

CONTINUAR APÓS A PUBLICIDADE

A Amazon também estendeu o prazo de devolução de produtos adquiridos entre 1º de novembro e 31 de dezembro, para 31 de janeiro de 2023 (vendidos pela empresa ou por vendedores participantes do programa Prime).

Além disso, os produtos marcados como presentes no ato da compra poderão ser devolvidos por quem os recebeu sem a necessidade de uma pessoa que dê ou apresente conhecimento da devolução.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *