8 livros sobre baleias para crianças que estão mergulhando neste universo

“As baleias me fascinaram. Talvez pelo seu tamanho imenso, dê um jeito de deslizar com agilidade sobre a água, sua beirada, dá inteligência. São majestosos”. A paixão da escritora India Desjardins começou pelas baleias na infância, quando as observou na costa do Canadá. Também apoiado por balas na ficção, o advogado Woo Young-woo, da série coreana “um advogado extraordinário”, o que não é espectro autistaEles têm ótimas ideias para resolver os casos de seus clientes quando um desses animais aparece no jantar.

Mergulhar no universo dos mamíferos marinhos, que podem chegar a 35 metros de compressão e 190 toneladas, ou óculos Ele selecionou 8 livros sobre baleias para presentear as crianças. Do clássico “Moby Dick” ao ilustrado “Se você quisesse ver uma bala”, a lista é um convite para conhecer, aprender e se emocionar com esses animais gigantes, cuja população está diminuindo drasticamente, a ponto de algumas espécies serem ameaçado de extinção.

Livros sobre baleias para crianças:

“As baleias e nós”, India Desjardins e Nathalie Dion (Crane) Apoiada por esses animais, a autora criou esta obra para compartilhar o que aprendeu sobre as baleias e também para fazer uma homenagem, antes que elas desaparecessem. Com belas ilustrações, o livro traça informações sobre as espécies, seus hábitos, comportamentos e comportamentos e histórias.

“A marcha das baleias”, Nick Bland (Brinque-Book) Imagina entrar no metro e dar de cara com uma bala? Essas e outras situações inusitadas ocorrem quando os balleys decidem se mudar para a cidade. Quando na presença de dois animais enormes começam a incomodar os humanos, eles saem em protesto. Coube à menina Frida entenda os motivos que motivaram as baleias a ocupar a cidade. Em texto rimado, gostoso de ler em voz alta, e referências que dialogam com crianças e adultos, o livro trata da ação do homem na natureza.

“Amos e Bóris”, William Steig (Companhia das Letrinhas) Ou o que pode melhorar a amizade entre uma baleia e um ratinho? Bóris acaba salvando a vida de Amos e eles se tornam amigos, admirando suas diferenças e descobrindo como viver na terra e no mar. Essa amizade pode continuar apesar das diferenças e distância? Um livro escrito em 1971, pelo mesmo autor de “Shrek!”, de 1990, adaptado para os cinemas.

“Baleia na banheira”, Susanne Straber (Companhia das Letrinhas) Quem não gosta de tomar um banho relaxante? Este era o avião da baleia, que estava na água quando outros animais queriam dividir a banheira com ela por vários motivos. Este relato cumulativo de onomatopeias é diversão garantida para crianças e adultos que entenderão bem os pedidos que a baleia recebe.

“Comum”, Selma Maria e Nina Anderson (Sesi-SP) “Ela só guarda o necessário. Tudo ou o que não é dela, ela devolve.” Assimé a baleia Comum, protagonista deste livro. Com um divertido jogo de palavras — dois dos saltos preferidos da autora, Selma Maria — descobrimos coisas bem inusitadas que, para esta balleia, são corretas, como viajar ou o clima tudo sem sair de dentro da própria casa e, mesmo sendo um gigante, aproveitando Um bicho quase invisível para alimentar. A baleia-comum é o segundo maior animal existente e está entre as espécies ameaçadas de extinção.

“Leo e a baleia”, Benji Davies (Peace and Earth) Léo é um menino que mora na praia e tem os dias cheios de solidez. Após uma tempestade, ele encontra um peixe baleia encalhado e decide resgatá-lo, sem conhecer seu pai. Da amizade melhorável entre um menino e uma bola, ou que de facto se redime é uma realização entre pai e filho.

“Moby Dick”, Herman Melville (SM) Escrito em 1851, conta a história de um homem obsessivo que busca vingança contra a baleia que arrancou uma perna. Moby Dick talvez seja o baile mais “famoso” da literatura, cativando leitores de mais de um século. Nesta versão adaptada a jovens e crianças mais experientes na leitura, condensada em 14 capítulos e com ilustrações que completam a experiência, a linha que conduz à narrativa mantém-se centrada na batalha pessoal do capitão Ahab contra Moby Dick.

“Se você quisesse ver um baile”, Julie Fogliano e Erin. E. Stead (Pequeno Zahar) Neste livro ilustrado, passamos por várias hipóteses sobre o que é necessário para ver uma bola: “uma poltrona não é muito agradável e uma capa não é muito longa porque quem como eu não encontra bolas e bolas não espera ser encontrado ”. As belas ilustrações em diálogo com o texto são um convite para ver o que pode estar diante de nós.

“Livro vermelho para crianças”, Otávio Maia e Biry Sarkis (Companhia das Letrinhas) A baleia azul-antártica é o maior animal do planeta, podendo suportar 35 metros de compressão e 190 toneladas. Está criticamente ameaçado de extinção. Faz parte da “lista vermelha” que avalia o nível de risco de extinção de várias espécies. Neste livro informativo, conhecemos mais de 30 animais em perigo, informações sobre a lista vermelha e sobre preservação em uma linguagem bem acessível às crianças.

consulte Mais informação

Reportar erro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *