10 séries nacionais para assistir em 2023

O ano de 2023 promete grandes novidades para o entretenimento e, entre elas, está o lançamento de diversas séries nacionais. Após o evento de Sobrepressão, aruanãs, doze da mãeEntre outros, os streamings decidirão apostar ainda mais na produção audiovisual brasileira.

Foi a primeira vez que foi lançado Olhar indiscreto, um lançamento original da Netflix que conta com Débora Nascimento, Emanuelle Araujo, Débora Duarte, Nikolas Antunes e Ângelo Rodrigues. A trama conta a história de uma hacker e voyeur que vê sua vida mudar completamente depois que uma garota de um programa se muda para o imóvel a sua frente.

Mas, além dela, ainda há uma lista com vários nomes que serão divulgados este ano. São opções de dramas, comédias, séries policiais e até produções infantis. Pensando nisso, listamos 10 séries nacionais para você assistir em 2023.

10. Uma Vida Pela Frente

Direção de Leandra Leal e Bruno Safadi (aruanãs), A Vida pela Frente Ainda não tem data de lançamento confirmada, mas já se sabe que será exibido e produzido pela Globoplay em parceria com a Daza Filmes e o GNT.

A trama começa, nos anos 1990, na noite de uma festa à fantasia que celebra o formato Ensino Médio de um grupo de amigos. Tudo estava bem, mas alegre e interrompido quando Beta cometeu suicídio aos 17 anos. A partir daí, o tempo avança e os jovens, agora na faculdade, terão que lidar com a dor do luto e com os problemas da juventude.

Pensada em três episódios, a série abordará um assunto delicado, que é a saúde mental dos adolescentes. Quem assina o roteiro é Lucas Paraizo, ou o mesmo de Sobrepressão — outro evento do Globoplay.

Além de dirigir, Leandra Leal também atuará como mãe de dois adolescentes do grupo. Outros nomes cotados para a produção são Henrique Barreira, Nina Tomsic e Flora Camolese.

9. O dia todo na Mesma Night

Outra série que chega ao streaming em 2023 é O dia todo na Mesma Night, inspirado no livro homônimo de Daniela Arbex. O drama vai contar a história do incêndio da lancha Kiss, que ocorreu na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, em 2013 e matou mais de 200 jovens.

A história será fictícia, produzida pela Netflix com o intuito de não deixar uma trágica tragédia ficar em segundo plano. A direção geral ficou com Julia Rezende, que comentou sobre a produção:

“É uma grande responsabilidade contar uma história fictícia inspirada em um acontecimento real que destruiu a vida de tantas pessoas e chocou ou país. Queremos lançar luz, da forma mais sensata e honrosa possível, sob a ótica de quem viveu todo aquilo de perto, e ainda vive”.

O dia todo na Mesma Night terá cinco episódios e estrela marcada para 25 de janeiro.

8. Cangaço Novo

Programado para carregar no Prime Video, cangaço novo conta a história de Ubaldo, um jovem que é “herdeiro do cangaço” e vai ao sertão cearense para conhecer suas duas irmãs Dilvânia e Dinorah. Enquanto a primeira lidera um grupo de adoradores de seu falecido pai, a segunda é a única mulher em uma gangue de assaltantes de banco.

Em casa, Ubaldo se exalta, pela semelhança física que teme com o pai, e vê sua vida virar de cabeça para baixo ao temer ter que lidar com bandidos, policiais corruptos e assassinos.

Direção de Aly Muritiba e Fábio Mendonça, cangaço novo Foi filmado em Campina Grande e Cabaceiras, no Nordeste brasileiro, e traçado pelo elenco de Hermila Guedes, Thainá Duarte, Ricardo Blat, Marcélia Cartaxo e o protagonista Allan Souza Lima.

7. Conexão do Rio

Com Renata Sorrah, Maria Casadevall, Marina Ruy Barbosa, Aksel Ustun, Alexandre David e Nicolas Prattes, Conexão Rio Ambientada no Rio de Janeiro da década de 1970, ela conta a história de criminosos europeus que transformaram a cidade em um ponto crucial para o tráfico de heroína para os Estados Unidos.

Além de dois atores brasileiros, a produção da Globoplay conta com o italiano Valerio Morigi, que já atuou em séries como bárbaros e filmes como safrome com Raphael Kahn, que nunca apareceu em Emily em Paris.

Vale ressaltar que esta série é uma parceria da Globo com a Floresta e a Sony e será toda gravada em inglês.

6. Outros

Outra série que chega ao Globoplay em 2023 e merece atenção é Outras. Baseado em enredo de Fernanda Torres e roteiro de Lucas Paraizo (O Rebu, Sobrepressão), a produção conta a história de duas famílias da classe média carioca que se perdem de uma brigada de dois adolescentes no condomínio.

A partir daí, a personagem de Adriana Esteves toma uma decisão que traz sérias consequências para sua vida: comprar uma arma.

Com uma trama bastante dramática e pesada, a série conta sobre a sociedade atual e os problemas de facilitar ou acessar armas de fogo. Paraizo comentou o assunto com a imprensa durante a CCXP 2022:

“Essa é uma série que fala sobre o brasileiro, sobre a sociedade brasileira. Foi inspirada em histórias que as pessoas veem nos jornais todos os dias, que acontecem em condomínios de cidades pelo Brasil.”

Além de Adriana — que já viveu personagens icônicos de novelas, como a vilã Carminha de Avenida Brasil — O elenco conta com Milhem Cortaz, Thomás Aquino e Eduardo Sterblitch, que será o grande vilão da peça.

Outras Ainda não tenho dados confirmados para ir ao catálogo do Globoplay.

5. A História de Delas

A Star+ também decidiu investir em produções nacionais e, em 2023, lança História Delas. A série conta a vida de quatro mulheres de diferentes gerações e classes sociais, todas obrigadas a viver no mesmo seio. A produção trará Cris Vianna, Letícia Spiller, Bia Arantes e Emma Araújo, além de Marcelo Várzea, Johnnas Oliva e Augusto Madeira.

Mesmo assim, muitos detalhes não foram divulgados, mas já se sabe que a série será um drama e abordará temas como a relação entre mãe e filha, patrimônio social, cultural e familiar.

4. DNA do Crime

Saindo do drama e indo para as produções policiais, em 2023 vá para o catálogo da Netflix para minisséries DNA do crimecriado por Heitor Dhalia (O Cheiro do Ralo). A obra mostrará a história de um assaltante na fronteira do Brasil com o Paraguai, revelando os fundamentos do crime em nosso país.

Os nomes confirmados para estrelar a produção são Rômulo Braga, Thomás Aquino e Maeve Jinkings. Vocês dois por último trabalharam juntos em bacurau e repetimos a parceria agora na série.

Vale ressaltar que a história é inspirada em um fato real ocorrido no Paraguai, em 2017, e tem como cenário Foz do Iguaçu, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

A data de lançamento ainda não foi confirmada pela Netflix.

3. Música Musa

Para quem gosta de música, música musa, mas uma série da Globoplay em 2023, promete agradar. Ela conta a história de uma jovem que decide se mudar para seu bairro por meio da arte e para isso conta com a ajuda de vários deuses mitológicos. Tudo o que eu sabia era que uma dessas deusas é apaziguada por um humano e eu poderia perder tudo.

Protagonizada por Nicolas Prattes, Thabata Almeida e Bel Lima, a produção terá direção de Rosane Svartman (Malhação Sonhos, Totally Demais) e serão duas versões: uma versão mais adulta para o Globoplay e outra mais infantil para o Gloob.

2. Dois Tempos

Protagonizada por Sol Menezzes e Mari Oliveira, a série duas vezes conta a história de duas mulheres que viajam no tempo e trocam de lugar. Enquanto um vive em 1922, o outro está em 2022. Juntos, eles terão que dar um jeito de resolver essa situação e voltar no tempo certo.

Com oito episódios, a produção estava prevista para estrear em 2022, mas como não aconteceu, deve chegar ao catálogo da Star+ no primeiro trimestre de 2023.

1. Betinho

Frente A Vida Pela Não é a única produção que Leandra Leal protagonizará em 2023: a atriz e diretora também estará em betinho. A série do Globoplay vai contar a vida do sociólogo e ativista de dois direitos humanos, Herbert de Souza, que se dedicou a diversos projetos sociais, entre eles Ação da Cidadania contra a Fome, Miséria e pela Vida.

O elenco é completado por Júlio Andrade, Irles Carvalho, Marieta Severo, Andréia Horta, Humberto Carrão e Ravel Andrade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *